O meu PLE

Depois de estudar sobre o tema e de reconhecer a importância da centralidade do EU na construção das suas aprendizagens, fomos desafiados a fazer uma representação gráfica do nosso Personal Learning Environment (PLE).

Perante algo tão pessoal, personalizado e fluido, ocorrem-me as palavras de Stephen Downes (2005):

Blogging is very different from traditionally assigned learning content. It is much less formal. It is written from a personal point of view, in a personal voice.

Por isso, neste post, ao contrário do que é costume, permito-me o uso da primeira pessoa do singular e ouso escrever a palavra meu.

Ocorre-me também a frase de Jordi Adell (2012):

Tu te fijas tus objetivos como aprendiz, tu escojes tus maestros, tu escojes las herramientas y los contenidos que quieres trabajar y que quieres aprender.

Não foi isso, afinal, que me trouxe até ao curso de Pedagogia do Elearning?

Personal Learning Network (PLN)

O meu ambiente pessoal de aprendizagem é indissociável do meio que me rodeia. Mais recentemente tem-se enriquecido com amigos e colegas, e valorizado mais a família. Tudo isto está ao centro. Como tenho vivido para as aulas e criado muito para elas, os meus alunos estão comigo no centro. São eles que me estimulam a criar coisas novas, atuais e um pouco diferentes do que costumam fazer. De certa forma, são eles que alimentam e enriquecem o meu PLE. Todas estas pessoas formam a minha rede pessoal de aprendizagem (PLN). E, claro, a ela se juntaram colegas e professores do MPeL.

O meu PLE reflete algo que é verdade: sou uma recoletora e uma exploradora nata. O quadrante superior esquerdo (1.) está repleto de fontes. E não as esgotei, mas como o nosso PLE é algo vivo e orgânico, incluí apenas o que agora é mais atual. Aprendizagem formal e informal funde-se, é indissociável. Media mais tradicionais coabitam sem problemas com tecnologias móveis e formas de ler e de ouvir conteúdos, mesmo que seja a caminho do trabalho ou no regresso a casa.

… we find ourselves in a world characterized by the phrase “ubiquitous computing.”

Downes, Beyond institutions: Personal learning in a networked world

Nesta dinâmica, o meu smartphone tem lugar de destaque. Na verdade, é o princípio e o fim do meu PLE, presente em praticamente todas as etapas do ciclo que se repete todos os dias, várias vezes por dia.

O processamento e organização dos “meus” conteúdos (2.) faz-se com tudo: dos cadernos e canetas seculares a tablets e ao telemóvel, sempre o primeiro em tudo da pesquisa à comunicação com os outros, e por vezes também envolvido na criação e na partilha de conteúdos. Não dispenso a cloud nem apps na nativas. Mas prefiro as da cloud que me ajudem a navegar seamlessly pelos dispositivos que uso ao longo do dia: dos meus aos da instituição onde trabalho, passando pelo telemóvel, óbvio, pelo reMarkable ou o iPad.

Email, ferramentas de videoconferência e de mensagens instantâneas fazem parte de como interajo com os outros: alunos, colegas, amigos. Tal como alguns LMS presentes no quadrante inferior direito (3.).

(Re)criar e aprender

Aprendo imenso ao criar conteúdos (4.) e crio conteúdos para outros aprenderem também. O processo é muito dinâmico e riquíssimo para mim. Gosto da componente criativa e do fator surpresa. Há um pouco de tudo: ferramentas para produção escrita, (audio)visual, formatos estáticos e curadoria de conteúdos. Dispositivos móveis, computadores de secretária e portáteis são inerentes a todos os domínios do meu PLE, incluindo este e o seguinte, a publicação e partilha (5.) Aí, publico para os meus alunos e todos os outros formatos (em 4.) vão dar a dois suportes de publicação: Classroom e Google Sites.

WordPress é usado em projeto mais académicos, como este site pessoal, ou projetos paralelos que nada têm a ver com aulas, escola, aprender ou ensinar (formalmente).

Referências

Adell, J. (2012). PLE. In YouTube. https://www.youtube.com/watch?time_continue=16&v=blzYQlj63Cc

Downes, S. (2005, October 17). E-Learning 2.0. Www.Downes.Ca. https://www.downes.ca/cgi-bin/page.cgi?post=31741

Downes, S. (2016). Beyond institutions: Personal learning in a networked world. Www.Downes.Ca. https://www.downes.ca/cgi-bin/page.cgi?post=66147

1 comentário em “O meu PLE”

Responder a Célia Ribeiras Cancelar resposta